Mapa Mental

Como contribuir em Projetos Open Source

Para todos aqueles que querem saber como ajudar a tornar o mundo um lugar melhor com software livre vai ai um bom texto. Se quiser aprender a contribuir para um projeto código aberto usando o GitHub tem outro texto do TABLELESS.

Autor: Juliano Alves em Contribuindo com projetos Open Source

Quando se está começando no mundo do desenvolvimento de software, todo mundo procura saber o que pode fazer para adquirir mais conhecimento e prática, o que é um diferencial para o primeiro emprego na área. Buscando em fóruns é muito comum a resposta “procure um projeto open source para contribuir” e como iniciante você logo pensa “eu vou conseguir experiência contribuindo com o Hibernate? Ou com o Ruby on Rails? Como vou fazer isso?”. Foi o que pensei quando eu estava começando e li essa sugestão, mas acalme-se, você não precisa ser um expert em programação para entrar no mundo open source (mas precisa para contribuir com esses grandes frameworks, vamos chegar lá). Vamos começar do começo. leia mais

Grifar

As 10 melhores técnicas de estudo, segundo a ciência

Fonte Original do Artigo: Mude.nu

Um estudo recentemente publicado em janeiro de 2013 na revista científica Psychological Science in the Public Interest avaliou dez técnicas comuns de aprendizagem para classificar quais possuem de fato a melhor utilidade.

O resultado do paper (íntegra aqui) traz algumas surpresas para o estudante.

Técnicas bastante populares no Brasil, como resumir, grifar, utilizar mnemônicos, visualizar imagens para apreensão de textos e reler conteúdos foram classificadas como as de utilidade mais baixa. leia mais

10 plataformas gratuitas para aprender línguas

Reprodução da Fonte: 10 plataformas gratuitas para aprender línguas

Muitas vezes, os estudantes brasileiros têm oportunidades de bolsas que acabam não preenchidas pela falta de fluência em outro idioma. Com isso na cabeça, resolvemos então preparar uma lista de dez sites gratuitos brasileiros e internacionais que abrigam diferentes cursos de idiomas que vão do mandarim ao polonês. Confira:

Livemocha

Nesta plataforma, as pessoas podem tanto aprender quanto ensinar um outro idioma pra alguém, sem pagar nada. Os usuários vão ganhando créditos tanto corrigindo atividades ou dando dicas, que podem ser convertidos para acessos a áreas premium do site, que são normalmente pagas. Há mais de 6 milhões de membros em todo o mundo e é considerada a maior comunidade on-line de aprendizado de outros idiomas. leia mais